EMPREGO DO HÍFEN - NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO DA LÍNGUA PORTUGUESA #1

Atualizado: 26 de Ago de 2018



1º) Emprega-se o hífen nas palavras compostas por justaposição que não contêm formas de ligação e cujos elementos, de natureza nominal, adjetival, numeral ou verbal, constituem uma unidade sintagmática e semântica e mantêm acento próprio, podendo dar-se o caso de o primeiro elemento estar reduzido:

ano-luz

arcebispo-bispo

arco-íris

decreto-lei

és-sueste

médico-cirurgião

rainha-cláudia

tenente-coronel

tio-avô

turma-piloto

alcaide-mor

amor-perfeito

guarda-noturno

mato-grossense

norte-americano

porto-alegrense

sul-africano

afro-asiático

afro-luso-brasileiro

azul-escuro

luso-brasileiro

primeiro-ministro

primeiro-sargento

primo-infecção

segunda-feira

conta-gotas

finca-pé

guarda-chuva

2º) Emprega-se o hífen nos topónimos/ topônimos compostos iniciados pelos adjetivos grã, grão ou por foma verbal ou cujos elementos estejam ligados por artigo:

Grã-Bretanha

Grão-Pará

Abre-Campo

Passa-Quatro

Quebra-Costas

Quebra-Dentes

Traga-Mouros

Trinca-Fortes

Albergaria-a-Velha

Baía de Todos-os-Santos

Entre-os-Rios

Montemor-o-Novo

Trás-os-Montes

Observação:

Os outros topônimos compostos escrevem-se com os elementos separados, sem hífen:

América do Sul

Belo Horizonte

Cabo Verde

Castelo Branco

Freixo de Espada à Cinta

etc.

Exceção consagrada pelo uso: Guiné-Bissau.

3º) Emprega-se o hífen nas palavras compostas que designam espécies botânicas e zoológicas, estejam ou não ligadas por preposição ou qualquer outro elemento:

abóbora-menina

couve-flor

erva-doce

feijão-verde

benção-de-deus

erva-do-chá

ervilha-de-cheiro

fava-de-santo-inácio

bem-me-quer

andorinha-grande

cobra-capelo

formiga-branca

andorinha-do-mar

cobra-d'água

lesma-de-conchinha

bem-te-vi (nome de pássaro)

4º)Emprega-se o hífen nos compostos com os advérbios bem e mal, quando estes formam com o elemento que se lhes segue uma unidade sintagmática e semântica e tal elemento começa por vogal ou h.



Observação:

Em muitos compostos, o advérbio bem aparece aglutinado com o segundo elemento, quer este tenha ou não vida à parte:

benfazejo

benfeito

benfeitor

benquerença

etc.

5º) Emprega-se o hífen nos compostos com os elementos além, aquém, recém e sem:

além-Atlântico,

além-mar,

além-fronteiras ,

aquém-mar,

aquém-Pirenéus,

recém-casado,

recém-casado,

recém-nascido,

sem-cerimônia,

sem-número,

sem-vergonha.

Se você está se preparando para concursos e precisa de orientação, pode falar comigo.

Dúvidas, deixe aqui nos comentários!!!

Até a próxima aula!


#empregodohífen

94 visualizações

© 2019 -2020 por LITERATURA E REDAÇÃO                                              Rio de Janeiro - Brasil

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • White Google+ Icon

 Tel  21-99321-0173 / contato@literaturaeredacao.com